Casal Gastronomico - Avaliação Resort Vila Galé Marés - BA
Avaliação Resort Vila Galé Marés - BA



O Hotel Vila Galé Marés - BA tem uma boa estrutura física, muito bonita e agradável! Mas apesar da enorme boa vontade dos funcionários, falta treinamento e organização do Hotel.

Nossa estadia lá foi entre os dias 26/04 a 03/05. O Restort se nomeia ALL INCLUSIVE, oferecendo pelo site 3 opções de restaurantes. Porém apenas no check-in foi informado que temos direito a apenas 3 jantares nos 2 restaurantes a la carte (para estadia de 7 dias), sendo possível fazer mais um jantar de cortesia caso haja disponibilidade dos restaurantes. Para nós um tanto chocante, decepcionante e conflitante visto que o Hotel se nomeia ALL INCLUSIVE. Além deste detalhe outra crítica é em relação ao horário para realizar a reserva dos jantares que além de bem limitada (das 9 às 11h e das 14 às 16h) é mal organizada no quesito de não permitir reservas para o dia seguinte, ou seja, se você tem planos de passear em outras praias durante o dia pode acabar perdendo a sua reserva.

Dando continuidade aos restaurantes a la carte, apenas uma sugestão ao hotel, alguns dos pratos achamos a quantidade individual oferecida demasiada, principalmente a Moqueca de camarão da cozinha Baiana do restaurante Cravo e Canela. Outro prato que segue a mesma linha de excesso foi a carne com vinho e talharine do restaurante Inevitável, na qual a quantidade de talharine é muito além dos nossos apetites e de muitos hóspedes que acompanhamos em nosso jantar.

Observamos que alguns hóspedes não tinham senso de coletivo, furavam fila e naturalmente ensinam seus filhos os mesmos hábitos. Por algumas vezes presenciamos atitudes que não condizeram com a boa educação e, em alguns momentos os próprios funcionários ficavam numa saia justa, não se impondo diante de atitudes desrespeitosas como furar a fila entre outros. Infelizmente acreditamos que o funcionário deve ser treinado a manter a ordem e evitar problemas entre os próprios hóspedes e até mesmo com o Resort, visto que educação é padrão e deve ser respeitado por todos.

Pela manhã após o café gostávamos de andar pela praia, pegando o sol ainda fraco. Percebemos em nossas caminhadas que existe muito lixo (no sentido de Salvador), dentre eles muitas e muitas tampinhas de garrafa plástica (PET). Só para se ter uma idéia, ficamos tão frustados com a quantidade de tampinhas que vimos durante a caminhada de ida que tivemos que pedir a um pescador local um saco emprestado, pois não resistimos em deixar todo aquele lixo em uma praia tão bonita, como tantas outras que o Brasil possui. Em um trecho de um pouco mais de 1 km coletamos 240 tampinhas de garrafas PET. Se for fazer uma pesquisa rápida, esse lixo é uma das razões de morte de aves marinhas, tartarugas etc que veem estes objetos como alimentos e acabam morrendo pelo excesso delas em seus estomagos pois não conseguem digerí-los. Dentre outros lixos coletados foram embalagens de protetor solar, copos plásticos, tampas de pasta de dente ou analgésicos, potes de margarina, pedaços de cadeira de plástico, embalagens de sorvete, sacos plásticos etc. Acreditamos que deve ser feito e incentivado uma parceria com a prefeitura, hotéis, empresas, a própria comunidade e até mesmo o Projeto Tamar em conscientizar a limpeza das praias não só pelo turismo, mas também pelo ecossistema e preservação, que além de tudo auxilia na manutenção do turismo.

Agora na questão de atendimento dos funcionários, apesar da excelente boa vontade e que em todos os momentos eles mantém o respeito que alguns hóspedes não tem, fica nítido a falta de treinamento. Em um dos cafés da manhã encontrei um cabelo dentro do meu pão de queijo. Terminamos de comer e fui apenas informar o “achado” para uma das funcionárias para que fosse alertado a cozinha e aos responsáveis, pois era visível que todos alí no restaurante usavam toucas de proteção sobre os cabelos. Ela não soube me dar nenhuma resposta ou me encaminhar para nenhum setor mas fez questão de abrir o pão de queijo e confirmar que de fato era um cabelo ou pêlo e que isso é quase normal. Ela foi bem natural ao comunicar e ficou claro a falta de treinamento perante situações como estas. Outro exemplo de falta de treinamento foi no bar de entrada do Hotel, presenciamos muitas vezes o barman pronunciar o nome de bebidas clássicas erroneamente.

O quarto do Hotel é bem agradável e relativamente espaçoso, contando com ar condicionado, frigobar e TV. Do lado de fora possui uma rede e uma pequena área para descansar a sombra. Quando chegamos a luz desta área estava queimada e mesmo informando a recepção no dia em que chegamos, a luz só veio a ser consertada 2 dias depois sendo que informamos todos os dias que o mesmo não havia sido consertado.

A área da piscina e praia são lindas!!! Já a infraestrutura de lazer é bem pequena. O salão de jogos conta apenas com 2 mesas de sinuca e a área de TV contava apenas com 1 mesa para jogar baralho, além de ser super escura para jogar de noite.

Com relação a comida, os aperitivos do almoço do restaurante Cravo e Canela que eram servidos a beira da piscina deixaram a desejar. Imaginávamos que por se tratar de um Resort na Bahia que teríamos a oferta diária de pratos típicos da região, porém dos 7 dias apenas 3 presenciamos a oferta de caramão frito e lula a dorê. A Moqueca de peixe e o acarajé já estava presente quase que diariamente. O acarajé estava sensacional! Comemos todos os dias que a baiana estava lá. Massa super sequinha, crocante e saborosa. O vatapá também estava ótimo. A maioria dos aperitivos foram de coxinhas, bolinho de carne seca, batatas fritas, quibe frito e frango a passarinho.

Em resumo a estadia foi boa mas se formos comparar com um resort all inclusive internacional, infelizmente o resort precisa melhorar em treinamento, alimentação e manutenção. Nós não indicaríamos o Resort e não pretendemos voltar lá novamente pois acreditamos que existem opções melhores na região equivalente ao valor do mesmo.



Degustadoo às 21:39:26 de 19/06/2014 por Cristiane Yoshimine Ino Suaide - views: 53.674 | clicks: 2.713 Compartilhe no Twitter  Compartilhe no Facebook  Compartilhe no Orkut  Compartilhe no Google  Compartilhe no Google Buzz  Compartilhe no Delicious  Compartilhe no Windows Live  Compartilhe no MySpace  Compartilhe no Digg


© Copyright 2011 Casal Gastronômico. Todos os Direitos Reservados.